Um dos fundadores do Pink Floyd, tecladista Richard Wright morre aos 65 anos

O tecladista Richard Wright,
membro fundador do grupo britânico Pink Floyd, morreu de câncer nesta
segunda-feira (15) aos 65 anos, informou um porta-voz do músico.

“A
família de Richard Wright, membro fundador do Pink Floyd, anuncia com
grande tristeza que Richard morreu hoje após uma curta luta contra o
câncer”, comunicou.


Wright entrou para história da
música após criar o Pink Floyd junto a Roger Waters, o baterista Nick
Mason e o guitarrista Syd Barret.

Embora como compositor não
tenha sido tão produtivo quanto Waters, com quem manteve grande
rivalidade, escreveu algumas canções de discos famosos como “Meddle”
(1971), “The dark side of the moon” (1973) e “Wish you were here”
(1975).

Durante a gravação de “The Wall” (1979), Wright teve que abandonar a banda por suas diferenças irreconciliáveis com Waters.

No entanto, Wright, seguiu tocando com o conjunto como músico contratado durante shows de promoção do “The Wall” em 1980 e 1981.

Autor
de dois discos solos, “Wet dream” (1978) e “Broken China” (1996), o
músico continuou colaborando com o Pink Floyd, sobretudo após a saída
de Waters da banda, em 1985.

Vi aqui.

1 Comentário »

  1. antonho said

    Se foi! Essa rivalidade com o Waters não tinha sentido para a música do Pink Floyd, apenas somava. Enquanto na má relação de ambos, se justificava, dado às sua diferenças: Waters era um visionário polítizado, enquanto Wright um visionário um tanto alienado. Me parecia tranquilo demais, quase omisso do mundo, até meio boçal, embora com grande sensibilidade e genialidade. Caracteristicas de todos os integrantes do Pink Floyd, desde o grande Sid Barret (figura que resumia todos, por isso pirou primeiro). Estão acabando enfim, o mundo não mais os comporta, é tempo da não música, isto é, do silêncio. Quem os imita, ou não sabe disso, apenas faz ruído, “caotiza”, tentando mas não conseguindo lembrar sua vanguarda eterna de saber interpretar o sentimento universal. Até hoje nem o Jean Michel e os New age da vida, salvo em restrito, compositores como Constance Demby e um apanhado de canções espalhadas em vários estilos, conseguiram traduzir isso à maioria, apenas seletos como o Floyd, Beatles, Lennon, Cliff, Marley e o próprio Waters…

RSS feed for comments on this post · TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: